Musk, Gates e Jobs, seriam eles os Don Quixotes contemporâneos?